Acesso de veículos ao Bicame de Pedra, em Catas Altas, será proibido para preservação do patrimônio

O trânsito de veículos na via paralela ao Bicame de Pedra, tradicional ponto turístico de Catas Altas, não será mais permitido nos próximos dias. A Prefeitura instalará durante a semana bloqueios que impedirão o acesso de automóveis e motocicletas aos 280 metros que compõe a via. Para chegar ao monumento, será preciso seguir pelo desvio já existente, conforme o mapa.

A medida foi tomada pela Prefeitura com intuito de preservar o patrimônio, além de seguir uma determinação do Ministério Público de Minas Gerais que, por meio de um inquérito civil iniciado em 2014, determinou o cercamento no entorno, deixando o livre acesso apenas para turistas e visitantes.

O tráfego intenso de veículos nas proximidades do Bicame pode afetar a sua estrutura, causando fissuras, trincas e deslocamentos de pedras, conforme o laudo técnico nº 37/2014 do MPMG.

Bicame de Pedra

Eleito uma das 21 maravilhas da Estrada Real, o aqueduto Bicame de Pedra foi construído por volta 1792 para captar água da Serra do Caraça até a localidade do Brumado, onde o ouro era extraído e lavado. Ele é formado por uma muralha de pedras secas, com 5,10 metros de altura na sua parte mais alta. Atualmente, restam apenas 200 metros do monumento.

Em 1998, o Conjunto Arquitetônico e Paisagístico do Elevado de Pedras (Bicame) e todo seu entorno na localidade de Quebra Ossos foram tombados pelo Conselho Municipal Turismo e Patrimônio Cultural de Catas Altas.
O Bicame está localizado cerca de 12 quilômetros de Catas Altas e o acesso a ele se dá pela rodovia MG-129.

Abrir Chat
Saiba o que acontece em Catas Altas
Olá!
Para receber as notícias de Catas Altas, é preciso enviar seu nome e cidade/bairro e salvar o nosso número na sua agenda de contatos!
Powered by