Alunos de Catas Altas recebem medalhas da Olimpíada Internacional de Matemática

Alunos de Catas Altas recebem medalhas da Olimpíada Internacional de Matemática

Cidade é única na região a se classificar para etapa internacional

Cento e quarenta e quatro alunos dos 4ºs e 5ºs anos da escola municipal Agnes Pereira Machado, além de professores e coordenadora receberam no último dia 22 de agosto as medalhas de ouro e prata pela participação na etapa nacional da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras (OIMSF).

No total, 75 estudantes levaram medalhas de prata e 69, de ouro.

A entrega aconteceu em uma cerimônia na escola que contou almoço especial e a presença da comunidade escolar e autoridades.

O município foi o único da região a se classificar para a etapa internacional e esta é a primeira vez que os estudantes se classificam nesta Olimpíada.

A prova foi realizada em grupos no mês de abril. O objetivo foi verificar o raciocínio dos participantes, indo além da capacidade de fazer cálculos.

Cento e quarenta e quatro estudantes da escola Agnes participaram da Olimpíada. Destes, 52 foram classificados para a etapa internacional que está acontecendo até o final do ano na Ásia em três localidades diferentes.

“Essas premiações são consequências de uma administração que tem a educação como prioridade. Temos consciência de que nossas crianças são o futuro do mundo. Então, fazemos questão de focar em ações voltadas para a melhoria do ensino do município e para a formação de cidadãos de bem”, destaca o prefeito José Alves Parreira.

Parreira reforça que a atual Administração tem realizado altos investimentos na educação. “Em breve iniciaremos a construção do centro Educacional, que irá atender à toda comunidade escolar, criando melhores condições para alunos e profissionais da educação. Estamos cuidando da capacitação dos nossos educadores. Nunca Catas Altas cuidou tão bem da educação como nestes quase três anos”, reforçou.

A secretária de Educação, Renata Soares, também destacou o trabalho da rede como primordial para o sucesso dos alunos. “Trabalhamos em conjunto e todas as ações do setor têm como objetivo comum o aprendizado dos estudantes. É uma formação voltada para o futuro”, finaliza.

Segundo a coordenadora da escola, Meira Ferreira do Carmo, essa conquista é mérito da união dos esforços de todos. “Temos que destacar o quanto os professores se envolveram e se esforçaram por esta causa. Todos prepararam os alunos para esta Olímpiada que teve participação de países do mundo todo”, explicou.