Catas Altas apresenta novo modelo de gestão em desenvolvimento no município

Catas Altas apresenta novo modelo de gestão em desenvolvimento no município

Uma gestão pública eficiente e focada no que é prioritário à população. Essa é a meta da Prefeitura de Catas Altas ao desenvolver um novo modelo de administração.

O formato foi apresentado à população em audiência pública, no último dia 12 de dezembro, e está sendo executado com a participação do Aquila. A empresa foi contratada para prestar serviços técnicos-especializados em gestão, com foco no planejamento de projetos e melhorias.

O objetivo é promover o aperfeiçoamento da gestão pública, reduzindo desconexões, desperdícios e disfunções, e liberando recursos para atuar naquilo que é mais prioritário para a população.

Nesta primeira etapa, o projeto está focado na capacitação dos servidores. No total, 50 servidores já estão sendo treinados pelo método PDCA de gestão de qualidade.

Além disso, dez grupos de trabalho foram criados para identificar as oportunidades de melhorias, desdobrar os produtos finais dos setores, propor e executar ações para melhorar os resultados. Centro e quarenta e quatro indicadores para avaliação e melhoria foram definidos.

Além disso, cada secretaria está priorizando seu portfólio de projetos e elaborando o cronograma de acordo com as principais demandas do município.

Para atingir as metas definidas, cada grupo de trabalho já está planejando as ações necessárias para 2020.

Segundo a consultora do Aquila, Catarina Paz, o principal resultado do trabalho “é a mudança de cultura de gestão da Prefeitura. Nesse momento, os servidores são capazes de localizar oportunidades dentro da secretaria e planejar as ações antes de serem executadas. Com isso, os recursos são melhor aproveitados e focados naquilo que realmente é crítico”, destacou.

Para os próximos meses estão previstas ainda a priorização dos projetos e a elaboração dos seus cronogramas; e a criação de um plano de ação para atingimento das metas estabelecidas.

Gestão eficiente – embora esteja buscando melhorias no atendimento à população, a gestão pública de Catas Altas já é a mais eficiente dentre os 18 municípios da microrregião de Itabira, segundo o Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA), estruturado pelo Áquila.

Em outubro de 2019, o IGMA da cidade estava em 68,05, ficando à frente de Itabira (67,24 pontos), São Gonçalo do Rio Abaixo (nota 64,33) e Santa Bárbara (pontuação de 63,11). Quanto mais próximo de 100, mais desenvolvido é o município.

Em relação ao estado, Catas Altas ficou em 52º lugar (entre os 853). No Brasil, dentre os 5570, ficou na 752ª posição.

Abrir Chat
Saiba o que acontece em Catas Altas
Olá!
Para receber as notícias de Catas Altas, é preciso enviar seu nome e cidade/bairro e salvar o nosso número na sua agenda de contatos!
Powered by