Catas Altas recebe alunos da UFMG para diagnóstico da situação sanitária do município

Cerca de 40 alunos do curso de engenharia sanitária da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) virão para Catas Altas no final deste mês de janeiro para fazerem um diagnóstico da situação sanitária do município.

Os estudantes ficarão por cerca de 15 dias na cidade, período em que irão visitar a sede, o distrito do Morro D’Água Quente e a zona rural.

Segundo secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Reginaldo Nascimento, esse trabalho irá auxiliar no planejamento das ações que vão acontecer no setor no decorrer deste ano. “Catas Altas foi contemplada com este projeto que tem custo zero para o município e inúmeros ganhos. Vai nos ajudar muito a entender melhor as condições sanitárias e até a encontrar soluções para os problemas que, por ventura, possam aparecer”, explica.

Na sede, os alunos irão ficar alojados no ginásio central. “O local para a hospedagem será nossa única contrapartida. Na zona rural, os moradores fizeram questão e vão abrigá-los durante os trabalhos”, reforça Nascimento.