Catas Altas segue com monitoramento nas entradas principais em Catas Altas e no Morro D’Água Quente

Catas Altas segue com monitoramento nas entradas principais em Catas Altas e no Morro D’Água Quente

A Prefeitura de Catas Altas continua com monitoramento intensivo nas entradas principais do município.

Entre 27 de março e 30 de abril, 10.301 pessoas foram avaliadas pelos profissionais da saúde com suporte de servidores de outras secretarias nas barreiras sanitárias.

No momento da entrada ao município, os motoristas e passageiros estão recebendo orientações sobre a doença, uso de máscara, isolamento social, higienização das mãos e etiqueta da tosse.

Também estão sendo analisados sobre as condições de saúde (temperatura, histórico de gripe, tosse seca e dor de garganta).

Alinhamento do Protocolo de abordagem – Para melhorar ainda mais a fiscalização, no último dia 28 de abril, a equipe da barreira sanitária participou de uma reunião, junto à secretaria de saúde e do médico Thiago Jeremias, que voluntariamente está apoiando as ações.

O médico faz parte da Santa Casa de Ouro Preto, uma das referências hospitalares para atendimento à COVID19 no estado.

Segundo a Secretária de Saúde, Maria Tereza Hosken, o município vem realizando diversas ações para o combate à doença. Ela destaca a ampliação do horário de atendimento médico, que tem objetivo de evitar aglomeração e garantir atendimento oportuno à população.

“O teleatendimento é outra importante medida, pois evita o contato próximo, monitora a situação de saúde e esclarece possíveis dúvidas. Implantamos ainda o serviço remoto em saúde mental e diversos protocolos de atendimentos, além da contratação de pessoal para a barreira sanitária e para o atendimento em horário estendido”, explica.

“Continuamos atentos para evitar a proliferação do vírus no município. Além da fiscalização nas entradas principais da sede e do distrito, diversas outras ações já foram implantadas na cidade para conter a COVID-19. Uma delas, é o uso obrigatório de máscara por toda a população”, reforça o vice-prefeito Fernando Rodrigues Guimarães.

Guimarães completa que para que as ações tenham sucesso, o município tem contado com parcerias. “É o caso da Pitterson Eventos que doou os banheiros químicos para garantir melhores condições de trabalho para os servidores.”

Além disso, outras medidas foram adotadas, entre elas:

I – Isolamento por 7 (sete) dias de residentes viajantes provenientes de locais de transmissão comunitária, assintomáticos.

II – Isolamento dos pacientes suspeitos com sintomas e seus familiares pelo prazo de 14 (quatorze) dias.

III – Suspensão dos velórios, missas e cultos religiosos.

IV – Controle do número pessoas que entrarão nos estabelecimentos em funcionamento de acordo com tamanho da área interna.

V – Higienização e disponibilização de produtos para higiene das mãos dos clientes.

VI – Cancelamento de eventos e atividades por tempo indeterminado.

VII – Suspensão das aulas por tempo indeterminado.

Entre outras.