Prefeitura de Catas Altas divulga agenda dos cursos do projeto “Turismo em Alta” para segundo semestre

Prefeitura de Catas Altas divulga agenda dos cursos do projeto “Turismo em Alta” para segundo semestre

A programação das capacitações do projeto “Turismo Alta” para o segundo semestre já está pronta. Até o final do ano, estão previstos dez cursos gratuitos com capacidade para até 20 participantes em cada.

São eles:

– Recepcionista em meios de hospedagem (Início em 5 de agosto – Carga horária: 160 horas).

– Técnicas de garçons de bares (12 a 15 de agosto – Carga horária: 40 horas).

– Introdução ao estudo da cerveja (26 a 29 de agosto – Carga horária: 40 horas).

– Primeiros socorros (02 a 05 de setembro – Carga horária: 36 horas).

– Pizzas (16 a 20 de setembro – Carga horária: 20 horas).

– Preparo de molhos (30 de setembro a 3 de outubro – Carga horária: 20 horas).

– Preparo de massas (21 a 24 de outubro – Carga horária: 20 horas).

– Preparo de pães e roscas (4 a 7 de novembro – Carga horária: 20 horas).

– Preparo de bolos e tortas (18 a 21 de novembro – Carga horária: 20 horas).

– Culinária mineira (02 a 05 de dezembro – Carga horária: 20 horas).

Participação nas capacitações – Para participar, é preciso fazer inscrição em cada uma das atividades.

Além disso, os meios de hospedagem, agências de turismo e estabelecimentos de alimentação precisam estar regularizados no Cadastur (sistema nacional do Ministério do Turismo que reúne todas as empresas legalmente constituídas e em operação).

Quem não possuir o certificado, pode entrar em contato com a secretaria de Turismo no telefone 3832-7444.

O “Turismo Alta – capacitando para o futuro” é uma iniciativa da Prefeitura de Catas Altas em parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O projeto é o maior da história do município para o setor, com investimento de R$ 220.700 na realização de 21 capacitações, totalizando 876 horas entre palestras, workshops e cursos.

Somente no primeiro semestre deste ano, foram cerca de 300 participantes.

Todas as atividades são gratuitas e fazem parte do projeto de profissionalização e desenvolvimento do turismo local.

As capacitações são voltadas para públicos distintos como empresários e profissionais que atuam no setor, alunos recém-formados do ensino médio, associações e comunidade em geral.