Prefeitura de Catas Altas entrega caixa d’água para famílias na zona rural

A Prefeitura de Catas Altas entregou no último dia 14 de agosto uma caixa d’água de cinco mil litros para ser usada por três famílias sócio assistidas da comunidade do Paraíso como reservatório de abastecimento.

A medida foi feita após a secretaria de Assistência Social, junto com Agricultura e Meio Ambiente, mapearem a região, localizando os pontos críticos.

Desde o começo do ano, a atual Administração tem se reunido com os moradores da zona rural e a principal preocupação apresentada é com a falta de água. Durante os encontros, a Prefeitura verificou a necessidade de investimentos na área do saneamento e, por isso, já tem realizado algumas ações para minimizar o problema.

Uma delas foi a construção de um poço artesiano na comunidade do Mato Grosso para atender ao posto de saúde. Além disso, a atual gestão se reuniu com representantes da Cenibra no último dia 11 de agosto para discutir alguns assuntos, entre eles, a falta d’água e a necessidade de proteção e recuperação das nascentes.

“As entregas de caixas d’água na zona rural são apenas medidas emergências. Não vai adiantar de nada se não houver conscientização por parte da população. É de extrema importância que haja preservação das nascentes para garantir que a região tenha água não só agora como no futuro”, destaca o prefeito José Alves Parreira.

Desde o começo do ano, já foram distribuídas diversas caixas d’águas. O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Reginaldo Nascimento, completa que, caso haja necessidade de análise nas áreas de nascentes ou alguma intervenção emergencial, o morador deve procurar a secretaria para que sejam feitos os procedimentos adequados.

“Além desse trabalho de conscientização, para o ano que vem, estaremos incluindo no orçamento a construção de mais sete poços artesianos para atender à população da zona rural. Estamos tomando todas as medidas necessárias para não deixar falta água no município”, afirma o vice-prefeito Fernando Rodrigues Guimarães.

Plano Plurianual – A construção de poços artesianos na área rural foi o quarto projeto mais votado pela população durante a votação do Plano Plurianual (PPA), que elegeu as cinco ações prioritárias para os próximos quatro anos. Ao todo, 16 ações estavam disponíveis para escolha.